Uma hora em superioridade não chega para o Caldas vencer

0
93

O Caldas recebeu esta tarde o Oleiros para mais uma partida a contar para o Campeonato Nacional de Seniores. Duas equipas separadas por quatro pontos mas em lugares seguidos na classificação, com o jogo a ser mais importante para os da casa que queriam aproximar-se na tabela.

O jogo começo dividido e aos 20 minutos o Oleiros adiantou-se no marcador com um autogolo de um caldenses e, poucos minutos depois, os visitantes ficaram reduzidos a 10, por segundo amarelo, deixando os locais em superioridade numérica até final e que deixou os oleirenses com queixas, que ainda se agravaram mais quando o árbitro marca uma grande penalidade a favor do Caldas numa jogada dividida.
Rafael Silveira foi o escolhido para converter mas falhou, rematando muito forte à barra. Depois de voltar a recuperar a bola os locais voltam a meter a bola na área e Djaló carrega um caldense pelas costas, desta feita de forma clara e o árbitro volta a assinalar penalti que, desta vez, o mesmo protagonista converteu em golo que levou a partida empatada para o intervalo.

No segundo tempo o Oleiros concedeu a posse ao Caldas que tentou muito e acabou por marcar com uma boa entrada de cabeça de Rafael Silveira que, assim, bisou na partida.

Quando o público pensou que a sua equipa tinha tudo para vencer, os oleirenses não se deram por vencidos e, na sequência de um canto, Djaló marcou depois de uma série de ressaltos.

Foi assim que o jogo chegou ao fim, com um empate que premeia a forma que o Oleiros lutou pelo resultado e penalisou o Caldas que não o soube gerir depois de estar a vencer.

Na próxima semana o Caldas desloca-se ao Nogueirense e o Oleiros recebe o Torreense.

José Vala – Treinador do Caldas
Natan Costa – Treinador do Oleiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here