Exposição “O meu país é o que o mar não quer”

0
74

Exposição “O meu país é o que o mar não quer”, de Paulo Palma (Arquiteto Paisagista), exibe cerca de 2000 postais ilustrados da costa portuguesa editados ao longo do séc. XX.Embora os postais ilustrados sejam o espelho de uma determinada circunstância, o seu conjunto permite perceber o processo de transformação da paisagem pelos agentes naturais de erosão como a água e o vento, a importância da pesca na afirmação identitária nacional e a pressão da ocupação urbanística que acelerou o processo de erosão.

A Exposição “O meu país é o que o mar não quer”, é uma Iniciativa integrada no Projeto Intermunicipal “Programação Cultural em Rede: Territórios com História: o Mar, as Pescas e as Comunidades – Ílhavo, Peniche e Murtosa”, cofinanciada ao abrigo do Programa Centro 2020.

Estará patente na nave da Igreja de São José – Centro Interpretativo de Atouguia da Baleia, de 25 de maio a 14 de setembro de 2019, estando a inauguração marcada para o próximo sábado às 16h00.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here