Vinhos, doces, Caminhos e Templários: muitas razões na BTL para visitar Tomar

0
39

Passar pela BTL em Lisboa é conhecer os usos e costumes das gentes de Tomar.

Assim é inevitável passar por lá e não encontrar os cavaleiros templários. Numa alusão à Festa Templária que acontece em julho.

Mas a presença no principal certame português do setor de um concelho que tem no turismo uma das suas grandes prioridades não podia deixar de se alargar a várias outras representações. Assim, o Município, que esteve representado institucionalmente com técnicas de turismo no stand da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, contou também com participações bem concorridas de público nos espaços da Associação de Municípios Portugueses do Vinho e da Federação Portuguesa dos Caminhos de Santiago.

O dia de ontem, domingo, foi o ponto alto desta participação tomarense, desde logo com a presença da vereadora do Turismo, Filipa Fernandes, bem como com as atuações da Associação Thomar Honoris e do grupo musical Baphomet, no espaço do Turismo Centro de Portugal (em que o Convento de Cristo era uma das imagens de destaque), lançando essa Festa que se espera venha este ano a recuperar todo o seu fulgor pré-pandémico.

Muito concorrida foi a degustação de vinhos dos produtores locais, no stand da Federação Portuguesa dos Caminhos de Santiago. Não só por parte dos visitantes da feira, que se deliciaram com os néctares oriundos de terras nabantinas, mas também no que toca aos produtores, nada menos do que nove representados, demonstrando a vitalidade do setor, sendo que destes marcaram presença a Adega da Gaveta e a Herdade dos Templários. Os restantes representados foram Solar dos Loendros, Casal das Freiras, Horta de Cima, Canal Sete, Encosta do Corujo, Adega Casal Martins e Encosta do Sobral.

Igualmente atrativo foi o espaço da Federação Portuguesa dos Caminhos de Santiago. Para além da promoção de Tomar que se vem assumindo cada vez mais como um ponto relevante desta rota de peregrinação, houve também uma degustação de sabores tipicamente locais, nomeadamente os beija-me depressa e o Segredo do Vigário, que deixaram deliciados todos os muitos provadores.