Em Tomar…

0
30
Nuno Ribeiro

Ainda a propósito dos efeitos da realização de um filme no Convento de Cristo durante esta semana, acrescente-se que é triste ver centenas de turistas estrangeiros que visitam a Cidade serem impedidos de visitar aquele monumento património mundial.

Se é verdade que Portugal precisa do dinheiro destas produções, estas não podem impedir o normal dia a dia do comércio e do turismo local.

Pergunto eu? Quem paga os custos à indústria hoteleira local pelos prejuízos futuros de todos aqueles que não voltarão a visitar o Concelho pelas consequências diretas do fecho do Convento numa altura em que há milhares de turistas no Concelho de Tomar?